Quantas criptomoedas existem no mundo? E quais são?

Saber quantas criptomoedas existem no mundo, definitivamente, não é uma tarefa fácil, especialmente porque o número de moedas virtuais crescem cada dia mais. Desde quando a primeira surgiu, dezenas de criptomoedas surgiram nos anos seguintes — e sua mensuração, desde então, é árdua.

Se você quiser se aventurar pelo mundo das moedas digitais, esse post é feito para você! Continue lendo e saiba quantas criptomoedas existem, quais são e veja um apanhado sobre as principais e mais notórias do mercado. Caso você queira saber o que é criptomoeda, também temos um conteúdo inteiro destinado ao assunto, não deixe de conferir!

A primeira criptomoeda e seu surgimento

Tudo começou em 2009 com o nascimento da criptomoeda mais conhecida e utilizada no mercado virtual hoje, o Bitcoin. Seu criador e desenvolver, Satoshi Nakamoto, é uma figura que se mantém desconhecida até os dias atuais, pois ninguém sabe que se é um homem, uma mulher, um grupo de pessoas ou uma pessoa isolada.

Aliás, não deixe de conferir nosso post falando sobre Satoshi Nakamoto, o criador da primeira moeda virtual.

O que sabemos, na verdade, é que o Bitcoin foi o precursor da criptomoeda como conhecemos hoje: inteiramente digital, com funções e aplicações que não funcionam no mundo físico. Junto ao seu surgimento, houve o acompanhamento do Blockchain, a rede descentralizada que opera como um livro contábil sobre as transações da moeda.

Um dos motivos para essa e outras moedas virtuais ganharem força no universo financeiro e de investimentos, é o fato de todas serem descentralizadas. Mas o que isso significa, afinal?! Bom, moedas descentralizadas não estão ligadas a nenhum órgão governamental e, dessa forma, possuem suas forças próprias e particularidades que brilharam os olhos de investidores do mundo inteiro.

Um grande exemplo do avanço das criptomoedas no comércio internacional foi dado recentemente, junto a notícia de que a empresa Tesla permitiria que seus carros fossem comprados com Bitcoin. O que antes já sabíamos foi confirmado: as moedas virtuais estão dominando o mercado.

Ademais ao Bitcoin, outras moedas começaram a dar as caras e ganhar destaque, ainda que não proporcional. É o caso do Litecoin, Namecoin e Peercoin, com surgimento entre 2011 e 2012.

Afinal, quantas criptomoedas existem no mundo?

Beleza, sabemos que o Bitcoin foi a primeira moeda virtual do mundo… Mas e hoje, quantas moedas surgiram desde esses mais de 10 anos? Bom, estima-se que há mais de 10 mil criptomoedas em 2022, contando com as ativas e inativas. Esse alto número acontece por alguns motivos, dentre eles, a facilidade na criação da moeda e a popularização desse modelo de espécie.

Também é por esse motivo que se torna difícil a mensuração das moedas virtuais existentes. Em média, estima-se que é criada uma criptomoeda por dia, mas esse número foi superado, já, diversas vezes. Esse espaço só foi maior em 2009, quando o Bitcoin foi criado: somente dois anos depois outra criptomoeda foi inventada para concorrer com o Bitcoin.

No que se refere somente às moedas virtuais em atividades, temos o número de 5.536 de julho de 2021, conforme consta em uma publicação exibida no site VC S/A. Ainda nessa publicação, o autor nos traz um dado bastante interessante sobre a relação do virtual e físico: essas mais de 5 mil criptomoedas ativas superam em 30 vezes o número de moedas tradicionais, com emissão governamental.

Apesar de terem como fator em comum a não tangencialidade, cada uma das criptomoedas possuem objetivos específicos. O Bitcoin, por exemplo, ganha espaço por operar como reserva de valor, enquanto o Tether possui valor estável e é lastreado no dólar.

Quais as principais criptomoedas do mercado digital atual?

Agora que respondemos à pergunta sobre a quantidade de criptomoedas, é o momento de dar destaque para as moedas com maior notoriedade no mercado. Devido ao alto número de moedas virtuais no mercado, fica difícil elencarmos e nomeá-las todas neste post, mas podemos falar mais sobre as de grande destaque.

Consideramos as moedas com grande potencial de investimentos. Confira:

  • Bitcoin (BTC): estima-se a hipervalorização de US$ 100 mil para a moeda. Junto a sua trajetória e tempo de vida, o Bitcoin continua sendo uma das principais criptomoedas do mercado com grande potencial para investimentos e transações;
  • Avalanche (AVAX): graças às suas vantagens de programação e escalabilidade em relação as demais moedas, Avalanche ganhou destaque nos últimos anos e, atualmente, está entre as principais criptomoedas do mercado digital para investir;
  • Solana (SOL): os ativos parecidos ao Ethereum possuem alto potencial de investimento para os próximos anos e, dentre eles, o Solana, tem um bom destaque;
  • Polkadot (DOT): este projeto tem como objetivo geral o de conectar todas as blockchains, com conexão, também, com o projeto Ethereum;
  • Ethereum (ETH): não é novidade que a Ethereum ganhou destaque nos últimos anos e por isso não podíamos deixar de fora dessa lista. Veja mais sobre o assunto no nosso post: “Ethereum lidera alta no mercado das criptomoedas”.

Saber quantas criptomoedas existem no mundo não é uma tarefa fácil, mas as estimativas ditam que há mais de 10 mil ao redor do mundo. Mas nossos focos são mais limitados, em criptomoedas que prometem alta para os próximos meses, para isso, é importante estar sempre atualizado no assunto. Fique por dentro de mais assuntos, informações e novidades do universo das moedas digitais no blog da BitcoinToYou e não perca nada!

Encontramo-nos no próximo post. Até lá!

Photo of author

Autor: andre.horta

Deixe um comentário

Não perca tempo! Comece a investir

REDES SOCIAIS

[email protected]

Atendimento: 08:00-18:00 (seg-sex)