Como funciona o trade bitcoins

Principal objetivo na estratégia de trade bitcoins é lucrar com as oscilações do mercado. Ou seja, comprar a baixo do preço da expectativa do mercado e vender acima. Bem semelhante as estratégias do mercado financeiro convencional.

Na última década, desde a estreia do Bitcoin, o comércio de criptomoedas tornou-se cada vez mais popular. As criptomoedas são moedas digitais criadas usando blockchain ou tecnologia peer-to-peer que usa criptografia, para aumentar o seu nível de segurança. 

Elas diferem das moedas fiduciárias emitidas por governos de todo o mundo porque não são tangíveis: em vez disso, são compostas de bits e bytes de dados. Além disso, as criptomoedas não possuem um órgão ou autoridade centralizadora, como um banco central, que as emite ou regula sua circulação.

Com todo o crescimento da popularidade desse segmento, viu-se também um aumento considerável nas negociações desses ativos. O trading de criptomoedas significa assumir uma posição financeira na direção do preço de criptoativos individuais em relação ao dólar (em pares de criptomoeda/dólar) ou contra outra criptomoeda, via pares de criptomoeda para criptomoeda. 

Nesse sentido, um trader é qualquer pessoa que compra e vende algo visando lucros no curto prazo, representando assim, os investidores que compram e vendem ativos ou contratos objetivando lucrar com as oscilações de preço.

Afinal, como funciona a estratégia de trade Bitcoins?

O objetivo desta modalidade é comprar Bitcoin quando o seu preço estiver abaixo da expectativa do mercado e vender quando o seu preço estiver acima, ou seja, é o famoso “comprar barato e vender caro”. 

Sendo mais detalhista, comprar Bitcoin a um preço baixo significa que o usuário irá desembolsar uma quantia baixa de moeda fiduciária, como o real, dólar ou euro, por um quantia relativamente alta de Bitcoin .

Nesse sentido, o trade de Bitcoin adiciona uma nova dimensão ao mundo das negociações de ativos, principalmente devido a sua força dinâmica e volatilidade que experimenta, à medida que se estabelece no mercado global.

O trade de uma forma geral apresenta um intervalo de tempo menor que os investimentos e no caso do Bitcoin isso não é diferente. Com isso, os usuários que negociam ou querem negociar o ativo devem ficar atentos a variação do preço. 

Como o mercado de criptomoeda é bem mais volátil que o mercado comum, como o de ações, os comerciantes acabam encontrando mais riscos. Contudo, é devido a alta volatilidade que o mercado cripto proporciona, que muitos usuários conseguem uma rentabilidade muito acima do normal.

Quais as estratégias adotadas?

Assim como no mercado de ações e commodities, o mercado de criptomoedas apresenta uma grande variedade de estratégias que podem ser adotadas pelos traders. Essas estratégias abordam tanto o tempo gráfico que cada trade deseja operar, como também o seu estilo, seja seguidor de tendência ou não.

Nesse sentido, primeiramente analisaremos as estratégias de mais comuns de acordo com o prazo de negociação:

Day Trade

Esta estratégia de negociação envolve tomar posições e encerrá-las no mesmo dia. O objetivo de um trader ao adotar tal negociação é registrar lucros em meio a movimentos de preços intradiários. Para uma negociação bem-sucedida, os investidores geralmente confiam em indicadores técnicos para descobrir pontos de entrada e saída para determinada criptomoeda. Além disso, este modelo de negociação exige um relato conhecimento da análise técnica e muito tempo de dedicação, pois os traders precisam ficar de olho no mercado dentro de 24 horas.

Scalping

Esta estratégia de negociação envolve o uso de volumes de negociação maiores para contabilizar o lucro. Embora haja risco envolvido, um trader inteligente cuida do requisito de margem e de outras regras importantes para evitar más experiências de negociação. Além disso, o retorno sobre cada operação é menor, mas o curtíssimo intervalo de tempo dessas operações, faz que os valores se somem e no fim pode apresentar um resultado muito bom para o trader. 

Swing Trade

A base de negociação neste modelo é muito parecida com o Day Trade, diferenciando-se apenas o prazo de negociação entre os modelos. Enquanto que no day trade o usuário precisa encerrar a operação no mesmo dia, no swing trade o usuário pode permanecer na operação por dias, semanas ou até meses. Com isso, esta estratégia permite ao trade mais dinamismo, já que não é necessário um acompanhamento tão intenso e consegue acumular mais oscilações que no day trade.

Além dos prazos de negociações que são extremamente importantes, existem as estratégias e modelos de negociações. Nessa parte, faz-se necessário um bom conhecimento de análise técnica e seus modelos, sejam eles seguidores de tendência ou reversão. 

Análise técnica 

A análise técnica permite ao trader conhecimento de bons pontos de entradas e saídas, seja por meio de padrões gráficos ou por meio dos indicadores técnicos, que visam agregar e facilitar na análise do ativo. Com isso, veremos a seguir alguns padrões gráficos de seguidor de tendência e reversão:

Triângulos ascendentes e descentes

Os triângulos, ascendentes e descendentes, configuram-se como padrões de continuação de tendência. A sua formação configura uma pausa na tendência prévia para que os preços ganhem fôlego, a fim de continuarem o movimento prévio.

Bandeira

A formação de bandeiras é bastante comum dentro dos gráficos de criptomoedas, e no Bitcoin não seria diferente. Esse padrão gráfico representa uma breve pausa em um movimento de mercado dinâmico. Além disso, esse padrão gráfico é um dos mais confiáveis dentro da análise técnica.

Ombro-Cabeça-Ombro

Esse padrão gráfico, diferente dos demais citados, configura uma reversão na tendência prévia. A reversão de uma tendência permite ao trader lucrar com todo o início da nova tendência a ser formada. Contudo, vale lembrar que reversões de tendência são difíceis de serem previstas e podem acabar prejudicando o trader que o tenta adivinhar. Durante o período de formação desse padrão, as forças de oferta e demanda se encontram em relativo equilíbrio, porém quando os níveis de suporte ou resistência são perdidos, uma nova tendência é criada.

Por fim, somando-se aos padrões gráficos e aos modelos de prazo de negociação, chegam os indicadores técnicos, que visam facilitar o entendimento da situação do mercado e achar pontos favoráveis à compra ou venda do bitcoin. 

Indicadores

Dominância de Bitcoin 

Esse indicador tem por finalidade indicar a participação do Bitcoin no mercado total de ativos digitais. Ou seja, ele determina o nível de tolerância ao risco dos traders e o sentimento do mercado. Em momentos de baixa, traders acabam se voltando para bitcoins, já que o ativo é considerado o “porto seguro” das criptomoedas.

Long Short/Ratio

Esse indicador tem por finalidade realizar uma análise de sentimento do ativo, no caso o Bitcoin. O Long Short/Ratio é uma razão entre os longs e os shorts do mercado. Nesse sentido, quanto maior o número da razão, maior é o número de longs no mercado e o inverso também é real. Além disso, esse indicador pode trabalhar juntamente com a análise técnica, dando mais confiabilidade na decisão tomada pelo trader.

RSI 

Esse indicador é amplamente utilizado por analistas técnicos e permite ao trader achar pontos de extremos dentro do mercado. O indicador trabalha com regiões de sobrecompra e sobrevenda, permitindo ao usuário extrair a informação de como o mercado se encontra e se o mercado já está muito vendido ou muito comprado.

O trade bitcoins vale a pena?

O Bitcoin é a criptomoeda mais negociada e mais popular do mundo. O preço do Bitcoin é famoso por sua volatilidade. Após um começo humilde em 2009, a moeda cruzou US$ 1.000 para sempre em 2017, depois seguiu um caminho íngreme, mas acidentado, para uma alta histórica de aproximadamente US$ 69.000 em novembro de 2021. 

Em seguida, chegou a US$ 35.000 em janeiro de 2022 antes de se recuperar para seu atual preço de mercado de cerca de US$ 39.000.

Embora ainda não seja considerado uma reserva de valor como ouro, por exemplo, o Bitcoin vem ganhando cada vez mais aceitação e sendo cada vez mais participativo no volume de negociações. Nesse sentido, devido a tamanha volatilidade gerada pelo ativo, mais chances os trades possuem para negociação, já que eles trabalham com a variação do preço visando o lucro.

Com isso, o mercado de Bitcoin exige do trader uma responsabilidade e auto entendimento do seu gerenciamento de risco. Estabelecer limites de perda, como é chamado o stop loss no mercado, permite ao trader controlar o seu risco, assim reduzindo muito as chances de “quebrar” dentro do mercado.

Quando comprar no trade bitcoins?

Muitos podem se perguntar sobre o melhor momento para comprar Bitcoin. A resposta para essa questão precisa ter embasamento técnico dos indicadores, conhecimento gráfico e entendimento do mercado de criptomoedas no momento.

Para o trader, é importantíssimo a avaliação momentânea do mercado, saber em qual tendência o mercado se encontra e avaliar os indicadores de sensibilidade, como o Long Short/Ratio. 

Logo, quando a combinação de estratégias indicarem uma reversão de tendência no mercado em baixa, o trader pode configurar esse ponto como um ótimo ponto para a compra do Bitcoin.

Além disso, outros pontos que configuram uma boa compra do ativo, acontece quando o trader consegue avistar os padrões gráficos de continuação de uma tendência dentro de uma tendência de alta, como as bandeiras e os triângulos. Esses pontos configuram uma correção e logo adiante os preços sobem em velocidade.

Quando vender trade bitcoins?

Assim como na compra, para saber quando e em que ponto vender Bitcoin, é necessário que o trader saiba mesclar as estratégias, tanto gráficas quanto a análise dos indicadores.

Bons pontos para o trader vender ocorre quando o mesmo identifica reversão da tendência de alta. 

Além disso, outro bons pontos para realizar uma venda, acontece quando o trader, por exemplo, identifica regiões de sobrecompra com o indicador RSI. Nesse sentido, o ponto chave da questão é saber interpretar e mesclar as análises dos indicadores com a tendência do movimento dos preços.

 Com isso, o trader possui embasamento e adquire mais chances de sua operação ter sucesso.

Vantagens e desvantagens no trade Bitcoins

O trade de Bitcoins é um segmento que pode ser extremamente vantajoso para os usuários, porém é preciso ter conhecimento do que o trader está negociando. Com pouco conhecimento o trader pode acabar tendo uma péssima experiência no mercado. 

Nesse sentido, listamos aqui alguns pontos que são considerados vantajosos e desvantajosos para os traders desse mercado.

Vantagens trade bitcoins

  • Possibilidade de obter grandes lucros: Justamente por conta da grande volatilidade do mercado de criptomoeda, o trade de bitcoin com todo o conhecimento listado acima, é capaz de obter grandes retornos, muito acima do que é comumente conseguido em outros mercados;
  • Pequena quantidade de fundos: O trader mesmo não possuindo grande quantidade de capital, consegue negociar Bitcoin. Isso acontece graças ao método de fatiamento, ou frações, de bitcoins;
  • Funcionamento do mercado: O mercado cripto funciona 7 dias por semana e 24 horas por dia. Ou seja, aqueles traders que possuem outras profissões e não possuem tempo durante a semana, o Bitcoin o permite a realizar seus trades aos fim de semana, ou mesmo a noite nos dias de semana.

Desvantagens trade bitcoins

  • Alta volatilidade: A mesma volatilidade que permite grandes retornos, quando negligenciada pode acabar pesando contra o trader de bitcoin. Com isso, é imprescindível que o trader possua e siga com afinco seu gerenciamento de risco;
  • Tempo de tela do trader: O mercado de bitcoin, assim como todo o mercado de criptomoeda, não permite que o trader erre por muitas vezes. Logo, é necessário que o usuário que queria negociar Bitcoin tenha conhecimentos sobre como negociar evitando assim grandes perdas, principalmente com os iniciantes;
  • Eventos tributários: Dependendo do estilo de negociação que o trader opta, ele acaba comprando e vendendo Bitcoins muitas vezes ao dia e isso pode acabar reduzindo seus lucros, ou até mesmo o deixando no prejuízo. Pois quanto mais negociações ele faz, mais tributos ele deixa na troca de criptomoedas ou na troca de bitcoin para moedas fiduciárias.

Em suma, o trading de criptomoedas pode ser uma forma interessante de ganhar dinheiro no mercado de criptomoedas, desde que se entenda o que está fazendo e adote um gerenciamento de risco adequado.

Além disso, é fundamental adquirir “tempo de tela” no trading, a fim de ter ganhos consistentes e mais seguros no futuro. No início da jornada, é comum cometer erros que possam trazer perdas. Sendo assim, o trading também pode proporcionar um custo de aprendizado que o trader precisa arcar.

Como iniciar o trade de bitcoins agora?

Foi possível entender melhor o que é trade bitcoins e como a estratégia funciona? Então comece a agora a investir em criptomoedas na BitcoinToYou e ganhe até R$ 50,00 ao fazer o seu primeiro investimento! 

Photo of author

Autor: andre.horta

Deixe um comentário

Não perca tempo! Comece a investir

REDES SOCIAIS

[email protected]

Atendimento: 08:00-18:00 (seg-sex)