O que esperar para o preço do Bitcoin no final de 2020?

O que esperar para o preço do Bitcoin no final de 2020?

Certamente você observou como o Bitcoin tem passado por uma grande alta nos últimos dias. No final de outubro, por exemplo, o criptoativo estava sendo negociado a US$13.891. Contudo, apenas 9 dias após atingir essa marca, o BTC ultrapassou o alvo de US$15.000 e está quase chegando na casa de US$16.000.

Sendo assim, vamos analisar hoje até onde o preço do Bitcoin pode chegar em 2020, mas é importante lembrar a você que esse artigo não é uma dica de investimento. Não esqueça de fazer sua própria análise e estudo de mercado.

O que a história do Bitcoin nos mostra

O criptoativo, de fato, passou por muitos momentos voláteis desde sua criação em 2009. Lá em 2013, o Bitcoin teve um grande aumento de preço ao ultrapassar pela primeira vez a marca de US$1.000 em novembro daquele ano. Logo após quatro anos dessa alta, o BTC viu outro crescimento, mas dessa vez algo totalmente fora do radar de muitos especialistas.

No final de 2017, o ativo digital chegou a ser negociado a US$20.000. Apesar de muitos terem conseguido realizar seus lucros, outros passaram por momentos de desespero, pois o criptoativo não parou de cair e em dezembro de 2018, já estava sendo negociado a US$3.200.

Preço do Bitcoin em Dezembro de 2013 até Dezembro de 2019

  • 2013- US$667
  • 2014- US$311
  • 2015- US$431
  • 2016- US$951
  • 2017- US$20.089
  • 2018- US$3.900
  • 2019- US$7.272

Olhando para a história do Bitcoin, vemos que ele teve apenas dois anos com fechamentos inferiores aos dos anos anteriores. Será que 2020 vai ser um ano de 2014 e 2018, ou ele irá acompanhar de fato a história do BTC com preços altos?

O que os analistas estão prevendo para o final de 2020?

  • Max Keizer, analista financeiro e apresentador do The Keizer Report, prevê o Bitcoin a US$100.000.
  • Gavin Smith, CEO da empresa de análise de criptoativos Panxora, acredita em uma correção forte para o criptoativo e que o BTC chegará e US$7.000.
  • De acordo com os especialistas da Bloomberg o Bitcoin atingirá a marca de US$20.000.
  • A Teoria de Elliot Wave aponta o BTC a US$3.000.
  • PlanB, criador do modelo Stock-to-Flow, acredita em um Bitcoin a US$55.000.

Quais são as perspectivas de usuários comuns do Bitcoin?

Conforme a pesquisa realizada pela News.Bitcoin, os usuários mais otimistas do criptoativo acreditam que seu preço irá variar de US$15.500 a US$100.000. Por outro lado, os mais pessimistas acreditam em uma correção do BTC até a marca de US$5.400 e que ele ficará no máximo na zona de US$13.500.

O que o cenário de 2020 nos mostra?

Sem dúvida, 2020 está sendo um ano para o Bitcoin se provar como um ativo de porto seguro e ele tem conseguido atingir essa meta. Sendo assim, um cenário de incerteza política e econômica, somado com os receios de crescimentos de casos de infectados e mortos por coronavírus contribuem para o aumento da importância do Bitcoin e, como resultado, seu preço sobe.

Podemos colocar dois pontos como fatores básicos para o aumento do preço do criptoativo em 2020.

Dólar enfraquecido: certamente a maior moeda do mundo estar passando por um declínio beneficiará o Bitcoin, pois o dinheiro americano foi visto por anos como uma reserva de valor. Apesar de esse fator estar longe de ir embora, o BTC tem ganhado espaço nos EUA porque a liquidação de dólares tem sido algo preocupante nos últimos meses.

Correlação com o ouro: como consequência da queda do dólar, o ativo digital e o metal amarelo apresentaram grandes ciclos de alta no mesmo período. Com uma crise econômica instalada, a chance do ouro crescer é enorme e sem dúvida ele pode levar o BTC consigo.

Estamos em um momento otimista do mercado com o Bitcoin apresentando ganhos de 15% nos últimos sete dias. Fique conosco para não perder nenhuma atualização do preço do criptoativo.