Bandas de Bollinger: o que é o indicador e como usá-lo para lucrar

Banner com o titulo "Bandas de Bollinger: Entenda e saiba aplicar"

Bandas de Bollinger: o que é o indicador e como usá-lo para lucrar

As Bandas de Bollinger são um dos vários tipos de indicadores que existem, elas servem para mostrar a variação das tendências de mercado, pois estão ligadas à volatilidade dos movimentos. Com elas ainda temos sinais da direção que irá o preço e, também, sinais claros de pontos de compra e venda nos investimentos.

Em um gráfico, se apresenta como um conjunto de três linhas: a banda superior que deve ficar acima dos candles — as barras que indicam graficamente o preço de um ativo durante determinado período —, a do meio que consiste em uma média móvel e a banda inferior, que faz papel inverso à primeira e é posicionada abaixo dos indicadores de valor.

 

tela de celular mostrando gráfico com as bandas de bollinger

 

De primeira parece um conceito muito abstrato quando falamos de médias, bandas e variações, mas iremos detalhar tudo para que você comece a aplicar esse indicador no seu dia a dia ao fazer o trading.

Para entender melhor como esse indicador funciona e como usá-lo a favor de seus negócios, continue com a gente nesse post!

Bandas de Bollinger: entenda como funciona

Como falamos anteriormente, as Bandas de Bollinger estão ligadas à volatilidade do mercado. Mas você entende o que exatamente quer dizer esse termo?

Quando analisamos um gráfico, temos a amplitude dos movimentos num período, ela diz respeito à diferença entre o ponto máximo e o ponto mínimo naquele determinado tempo. A volatilidade, por sua vez, refere-se à velocidade em que o preço se desloca entre esses pontos no topo e no fundo do gráfico.

Agora que entendemos esse princípio, podemos entender de fato esse indicador. Para começar, o mais indicado é que configure suas bandas com um período 20 — o número indicando a quantidade de dias que serão analisadas — e um desvio padrão de 2, valor este que se refere à distância das bandas externas da média móvel.

Com os candles em seu meio, as bandas superiores e inferiores nos dão informações conforme se aproximam ou se afastam uma da outra.

A variação das linhas do indicador

 

O distanciamento das linhas indica um movimento direcional do mercado, que são os momentos de grande variação de preços e no gráfico se apresentam como uma diagonal, indicando a direção que os preços estão indo. As linhas das bandas ficando mais longe uma das outras indicam o início desse período e elas continuam afastadas até chegar um momento de mudança no comportamento dos candles.

Quando ocorre essa aproximação, é um sinal de que o mercado está entrando em uma contração, um movimento lateral no gráfico e que se deve esperar até o próximo grande movimento. Nesse ponto, as linhas que presentam as bandas estão mais próximas, muitas vezes quase numa paralela.

O normal é esses períodos acontecendo de forma intercalada, os momentos de expansão sendo mais demorados que os de contração. Esse movimento lateral é importante para o mercado poder respirar, e então continuar sua crescente.

Você pode tentar prever o que ocorrerá a seguir ao analisar as variações da média móvel, a linha das bandas que fica no meio das candles, conseguindo assim planejar seu próximo passo para aquele ativo!

Como usar as Bandas de Bollinger para aumentar seus resultados

Ok, passamos pela fase de entender como o indicador funciona, mas como ele realmente vai ser vantajoso para você?

As métricas apresentadas te dão um norte de quando é vantajoso vender suas ações com um bom lucro, comprar pelo menor preço as de um investimento que estava de olho — lembre-se de diversificar seus investimentos para ficar mais “seguro”, pois caso não haja essa diversificação você ficará a mercê da cotação de apenas 1 ativo — e, tão importante quanto, mostrar quando é melhor não mexer no ativo em questão.

Para saber qual é o momento certo de tomar cada uma dessas ações, você precisa observar quando seus candles cruzarem com as bandas, seja a superior ou a inferior.

Como foi apontado anteriormente, a barra de preços normalmente estão entre as bandas da extremidade sem tocá-las. Quando esse encontro acontece, significa que aquele valor do ativo ultrapassou as expectativas previstas e está com o mercado num período ou de sobrecompra, ou de sobrevenda.

Candles cruzando as bandas superior e inferior

 

Tela de celular mostrando gráficos com as linhas de candles em destaque

 

Se sua linha da banda superior for passada pelo candle, o sistema te enviará um alerta para vender, pois indicará que movimento que acontecerá naquele período será um aumento da busca por esse ativo. Essa é uma das horas de aproveitar e analisar se você deseja vender sua parte por um valor que te garanta lucro real!

Para conseguir fechar negócio nesse momento, você deve aproveitar o ponto máximo de amplitude, pois sabemos que, pelo comportamento padrão, logo iniciará um momento de queda e seu lucro será menor.

No caso de uma ação contrária, quando o candle estiver inferior a barra inferior, está na hora de comprar! Por isso é importante estar de olho em todos os ativos que você tem interesse, assim garantirá que o período de sobrevenda não passe e que consiga adquirir aqueles créditos pelo menor valor possível.

Aproveite o momento em que, logo após o cruzamento, as bandas começarem a se abrir novamente, pois estará no início de um novo movimento direcional do mercado, o que te trará um resultado positivo.

Atenção sobre o desvio padrão!

A necessidade de configurar sua Banda de Bollinger é, grande parte, por conta do desvio padrão. É ele que controla qual a distância que as linhas de fora estarão da média móvel do indicador e, caso mal posicionadas, elas te fazem perder dinheiro!

Por exemplo, se o desvio é maior que 2, as linhas estarão mais distantes do centro e, como consequência, menor serão as chances dos candles cruzarem o limiar das bandas. Isso fará com que menos alertas de compra ou venda sejam enviados a você e poderá perder bons negócios.

Seu olho precisa estar muito treinado e você muito atento para que consiga não perder compras e vendas mesmo sem os alertas. Isso demanda muita experiência!

O contrário também não é bom, com as linhas mais próximas do centro, bandas e candles se encontrarão com maior frequência e mais avisos serão enviados. O problema aqui é que os alertas de compra e venda chegarão com bem menos critério e com grandes chances de te deixar perdido sobre qual negócio é realmente o certo a se fazer.

O valor de desvio padrão 2 é o indicado pelo próprio criador do indicador, pois mantém uma distância segura para te dar alertas que realmente contribuam com seu negócio.

No entanto, vale ressaltar, esse indicador deve ser sempre usado junto com outros, como os de volume ou de médias móveis, por exemplo.

Com essa explicação, agora você já sabe como as Bandas de Bollinger funcionam, também entende como você pode aplicá-las em seus investimentos para que ele te ajude a lucrar! Esse indicador também funciona para trabalhar com investimentos e mineração de criptomoedas, por isso, não deixe de conferir a explicação completa sobre o que é Bitcoin!