Código do Bitcoin tem mais de 3 mil desenvolvedores que já contribuíram

Código do Bitcoin tem mais de 3 mil desenvolvedores que já contribuíram

GitHub. Esse é o nome da plataforma de desenvolvimento do software colaborativo do bitcoin. A comunidade já registra, portanto, 3 mil desenvolvedores que de uma forma ou de outra já colaboraram para o código do Bitcoin.

Contudo, um usuário do Reddit constatou que nem todos os repositórios do GitHub são rastreados. Desse modo, segundo os seus próprios levantamentos, o número de colaboradores pode ser ainda maior.

Todavia, o mais importante, é que o número de desenvolvedores que estão colaborando com a criptomoeda continua crescendo.

Código do Bitcoin – Contas iranianas foram banidas

No ano passado, em virtude de restrições comerciais dos EUA e da União Europeia, o GitHub começou a identificar e banir contas iranianas de sua plataforma.

Sendo assim, desenvolvedores iranianos, estão impedidos de participar do projeto de software que exige repositórios particulares ou serviços pagos. Isso trouxe inúmeras consequências.

Dentre elas está o fato da comunidade reduzir o seu tamanho bem como a limitação da vida pessoal e profissional dos desenvolvedores que atuavam à partir do país com criptomoedas.

Entretanto, um estudo realizado pela Electric Capital que avaliou mais de 20 mil repositórios de códigos, concluiu que o número de desenvolvedores que trabalham com criptomoedas públicas dobrou nos últimos anos.

Está gostando deste artigo? Então experimente ler este também – Bitcoin chega a 18 milhões de moedas mineradas!

Mais de 4 mil especialistas contribuem mensalmente

Na publicação do relatório foi demonstrado que cerca de 4 mil especialistas contribuem mensalmente para o desenvolvimento de códigos em cerca de 2800 projetos que envolvem criptomoedas.

Por não incluírem desenvolvedores que operam em projetos privados, os números podem ser ainda maiores.

Contudo, o grande campeão de contribuições é o Ethereum. Para se ter uma breve ideia cerca de 216 pessoas adicionam códigos aos seus repositórios, sendo que 99 especialistas trabalham no protocolo central da criptomoeda mensalmente.

Em segundo lugar, vindo logo na sequência está o Bitcoin. A criptomoeda atraiu cerca de 47 pessoas que trabalham mensalmente no seu protocolo. E ao que tudo indica também não irá parar de crescer tão já.

Como foi possível ver, há inúmeros desenvolvedores que contribuem mensalmente para que o ecossistema das criptomoedas funcione. Isso faz com que todo o sistema torne-se, digamos um organismo vivo.

Esse é apenas o início dos novos tempos que se descortinam diante de nós. E você já investe em criptomoedas? Deixe o seu comentário, sua sugestão e compartilhe essa notícia nas redes sociais.