Você sabia? US$ 1.567 é o valor necessário para minerar um único Bitcoin

Você sabia? US$ 1.567 é o valor necessário para minerar um único Bitcoin

Você sabia? US$ 1.567 é o valor necessário para minerar um único Bitcoin

A mineradora israelense Bitfarms Technologies (anteriormente conhecida como Blockchain Mining) revelou que os custos de energia para extrair um único Bitcoin é de apenas US$ 1.567. Atualmente, a criptomoeda está cotada em, aproximadamente, US$ 7.000.

Os dados foram apresentados através de um relatório após o fechamento de balanço do primeiro semestre de 2018. Em números líquidos, a Bitfarms lucrou US $ 4,9 milhões, com uma receita consolidada de US $ 22,3 milhões. Já o bruto foi de US$ 12,5 milhões. No segundo semestre de 2017, a empresa faturou US $ 4,9 milhões líquidos e US $ 8,6 milhões em receita consolidada.

Esses números demonstram que o mercado das criptomoedas ainda são extremamente rendáveis para as grandes empresas, mesmo com a queda no valor de praticamente todas as moedas digitais em 2018.

O relatório também disse que de 1º de janeiro a 30 de junho, a Bitfarms gerou 1.923 Bitcoins, 2.222 Bitcoins Cash, 3.324 Litecoins, 567 Ethereum’ss e 220 Dashs. O Bitcoin representa, aproximadamente, 78% de toda a mineração, sendo sucedido pelo Bitcoin Cash, com 17%, Litecoin com 3% e o Ethereum com 2%.

A empresa também apontou um aumento do poder de hash (poder de computação) necessário para minerar um único bitcoin. O hash de energia necessário para minerar um bitcoin aumentou 138% desde o começo do ano; O hash de Bitfarms cresceu 103% no mesmo período.

#BITCOIN #DASH #LITECOIN #ETHEREUM