Resumo da rentabilidade de investimentos no mês de janeiro

Resumo da rentabilidade de investimentos no mês de janeiro

O mês de janeiro foi marcado pela chegada da segunda onda da pandemia de coronavírus ao Brasil, exigindo o fechamento do comércio em algumas localidades.

Por conta dessa insegurança em relação ao futuro, a bolsa de valores que vinha recuperando ganhos fechou em queda no final do mês.

Já o Bitcoin fez o caminho inverso, e teve valorização atrás de valorização durante todo janeiro, perdendo força somente na última semana do mês.

Cenário de investimentos no mês de janeiro

Neste mês de janeiro o Ibovespa fechou em 115.067,55 pontos, uma queda de 3,32% em comparação a dezembro que fechou aos 119.017,24 pontos.

O câmbio que vinha desacelerando desde o mês de dezembro, fechou janeiro cotado em R$5,46, uma alta de 5,20% frente ao fechamento de dezembro, quando a moeda americana estava cotada a R$5,19.

Após dois meses de valorização, o real voltou a se desvalorizar, podendo causar um impacto direto no preço de commodities e matérias-primas importadas no país.

Já o ouro, fechou o mês de janeiro cotado em R$324,86, um crescimento de 2,26% frente aos R$317,17 cotados no último dia de dezembro.

O maior destaque do mês foi sem dúvida alguma o Bitcoin. A criptomoeda que tinha fechado dezembro cotada em R$150.562,46 subiu para R$181.482,73 no mês de janeiro, uma alta de 20,54%.

Por conta dos juros baixos nos EUA e do cenário de incertezas, o Bitcoin vem se tornando uma aposta cada vez mais atraente para investidores.

Perspectivas futuras e construção da carteira de investimentos

Diante da instabilidade da economia do mundo é aconselhável manter uma reserva de emergência em ativos de renda fixa mesmo com a Taxa Selic baixa.

Já para investimentos em renda variável, o Bitcoin vem se mostrando uma opção bastante atraente, sendo que a criptomoeda chegou a bater os R$ 220 mil durante o último mês.

Inclusive, após o FED anunciar que irá manter a taxa de juros nos EUA bem próxima de 0, o Bitcoin voltou a se valorizar.

Na bolsa de valores, ainda é preciso um pouco de cautela no momento de investir, procurando assim, a diversificação de investimento.

A PETR4 que vinha crescendo, voltou a cair, e fechou janeiro cotada a R$26,69, uma queda de 9% frente a cotação de R$28,34 do mês de dezembro.

Essa queda pode ser justificada pela segunda onda de coronavírus que tomou conta do país neste mês de janeiro, exigindo que diversos estados fechassem o comércio.

Já as ações da Magalu (MGLU3) cresceram levemente no mês, fechando janeiro em R$25,27. Um crescimento de 1,3% na comparação com dezembro, onde as ações fecharam em R$ 24,95.

Mesmo crescendo em um ritmo mais lento, as ações do Magalu ainda são uma boa aposta, uma vez que a estratégia de expansão online da rede está a todo vapor.

Gostou deste artigo? Então deixe o seu comentário, sua sugestão e compartilhe esta notícia com seus amigos nas redes sociais.