Ethereum dispara e lidera alta: vai superar o Bitcoin?

ETHEREUM DISPARA E LIDERA ALTA: VAI SUPERAR O BITCOIN?

Ethereum dispara e lidera alta: vai superar o Bitcoin?

Embora tenha mostrado uma correção nesta quarta-feira (5), o Ethereum (ETH) liderou a alta do mercado de criptomoedas nos últimos dias.

Após romper suas máximas históricas repetidas vezes, a maior altcoin em valor de mercado superou os R$ 18.000. Apenas em 2021, foram 468% de valorização contra “apenas” 97% do Bitcoin.

É possível que o Ethereum tome o lugar do Bitcoin como maior criptomoeda em valor de mercado?

ETHEREUM DISPARA E LIDERA ALTA: VAI SUPERAR O BITCOIN?

Melhor investir em Ethereum?

A dominância do Bitcoin no mercado de criptomoedas está no nível mais baixo desde 2018, atualmente em 45,2%. Ao mesmo, a dominância do Ethereum é de 16,8%, subindo forte após sua última disparada.

Nos últimos 7 dias, são 23,55% de ganhos para a ETH, enquanto o BTC registra apenas um fraco avanço de 2,17%.

Sendo assim, seria mais inteligente investir em ETH agora e deixar o BTC de lado? A resposta pode não ser tão simples.

O Ethereum está em uma zona “esticada” de preço, com pontos ruins de entrada para aqueles que desejam investir agora.

Desta forma, é possível que qualquer compra feita agora seja feita “no topo”, gerando potenciais prejuízos aos investidores.

Contudo, existem opiniões contrárias de analistas otimistas em relação ao futuro do Ethereum.

Recentemente, analistas compartilharam a crença de que o Ethereum pode chegar a US$ 10.000 neste ciclo de alta.

Ou seja, ainda há potencial para que a ETH quase triplique de preço. O problema é a imprevisibilidade do mercado de criptomoedas.

É possível que a ETH chegue a US$ 10.000, na opinião de analistas, assim como é possível que a alta acabe de forma prematura.

Há ainda um outro fator que condiciona a alta do Ethereum, e ele está relacionado ao Bitcoin.

Bitcoin segue rei

Os mesmos analistas condicionam a alta do Ethereum ao movimento do Bitcoin. Para que a ETH dispare até os US$ 10.000, é preciso que o BTC atinja US$ 160.000.

Não apenas isso, como também é necessário que o Bitcoin fique “preso” em uma zona de preço durante a alta do Ethereum. Em outras palavras, o Ethereum depende de uma lateralização do Bitcoin.

Assim, o Bitcoin ainda dita como o mercado de criptomoedas se movimenta, ao menos no médio e longo prazo.

De qualquer forma, no momento atual, é importante ter cuidado ao investir em qualquer criptomoeda. O mercado de altcoins está aquecido, mas tudo pode acontecer daqui em diante.

Por mais que análises tracem paralelos com o passado e mostrem ainda uma capacidade de crescimento de 27.000% no mercado de criptomoedas, resultados passados não garantem resultados futuros.

Sobre o Ethereum tomar o lugar do Bitcoin, pelo menos por enquanto, a criação de Satoshi Nakamoto segue inabalável no seu posto de maior criptomoeda do mercado.