CRIPTO URNA: CONHEÇA A PAXOS GOLD

logo-pax-gold-ouro

CRIPTO URNA: CONHEÇA A PAXOS GOLD

Conforme observado ao longo dos anos, o Bitcoin tem se consolidado a cada dia como o ouro digital. Todavia, ainda há alguns detratores do criptoativo que não o enxergam como o verdadeiro substituto digital para o metal amarelo. Apesar de o ouro enfrentar momentos de volatilidade, ele está muito longe de sofrer flutuações como o BTC. Ninguém deseja ter um ativo de porto seguro que não saiba se comportar como tal. Sendo assim, criptoativos estáveis como o USDT e Paxos Gold surgiram no mercado.

A stablecoin USDT, emitida pela Tether, se tornou referência no meio blockchain, mas apresenta um grande problema. Ela é lastreada 1:1 com o dólar americano. Ou seja, é respaldada por um ativo “estável” que não tem tanta força como ponto de segurança como o ouro. Essa deficiência no mercado apareceu e a operadora de stablecoins Paxos decidiu lançar seus token nativo, PAXG. Enquanto o USDT se apoia na moeda fiduciária dos EUA, o PAXG é respaldado por uma onça troy fina de barra de ouro London Good Delivery. Assim sendo, se você possuir um token PAXG, se tornará detentor de ouro físico mantido em custódia pela Paxos Trust Company.

Por certo que o mercado de ouro atualmente é muito deficiente. Não há produto de ouro físico de grau de investimento que seja fácil de possuir e de negociar. Mesmo que você possua uma grande quantidade de ouro, guardá-lo pode ser algo extremamente dispendioso. Além disso, não é facilmente divisível e é pesado para ser movido. Com o token ERC-20 PAXG, você pode levar seu ouro para qualquer lugar do mundo e ainda conseguir dividi-lo através do blockchain em 18 pontos decimais. Como você pode imaginar, a tendência que esse modelo de stablecoin cresça é real. Por isso continue conosco para conhecer um pouco mais sobre a um dos principais ativos estáveis lastreados em ouro.

Acessibilidade

De fato, há uma grande barreira para quem deseja adquirir ouro. Aliás, os serviços centralizados pelas grandes empresas fazem com que obter o metal amarelo seja caro e desnecessariamente trabalhoso. Só para exemplificar, a forma mais conhecida de se obter ouro no Brasil é através da BM&FBovespa, principal bolsa de valores do país.

Apesar de atualmente trabalhar com lotes fracionários e não mais apenas com lotes padrão de 250 gramas de ouro, a obtenção dos contratos do metal amarelo são taxadas, documentações para verificação do usuário são necessárias e suas negociações não são diárias e muito menos mundiais. Em contrapartida, o token PAX oferece a possibilidade de negociar ouro em qualquer lugar do mundo todos os dias, facilitando assim a liquidação contra outros ativos.

Paxos e suas Taxas

Ao utilizar o PAXG você encontrará duas taxas para transferi-lo. Afinal, todos os tokens ERC-20 têm uma taxa padrão que se chama gás. Essa energia de computação permite que os ativos sejam transferidos on-chain no blockchain do Ethereum. Além disso, você encontra a taxa da PAXG ao utilizar a carteira da stablecoin. Todavia, não precisa ficar alarmado, pois, ela é de apenas 0,02% da quantidade do token enviado no blockchain.

Só para exemplificar, se se você deseja enviar 10 PAXG de um endereço Ethereum para outro e deseja garantir que o destinatário receba 10 PAXG após as taxas, envie pelo menos 10.0020004001 PAXG total para cobrir o custo da taxa de transação. Se você iniciou uma transferência de 10 PAXG, o destinatário receberá 9.998 PAXG após as taxas.

Auditoria da Paxos

É provável que o principal problema enfrentado pelas stablecoins seja o da confiança. Embora elas representem um papal importante para o mercado blockchain e estejam crescendo muito, muitas não conseguem apresentar uma auditoria que satisfaça de verdade os usuários de criptoativos. Dessa maneira, colocam um ponto de dúvida se elas realmente têm todo o lastro que afirmam ter. O USDT, por exemplo, é o grande pavor de muitos. Até o momento não trouxe uma auditoria que poderia simplesmente acabar com a dúvida se a Tether, empresa emissora da stablecoin, realmente tem alocado todos os dólares que diz ter no mercado. O que falta para os ativos estáveis é a transparência.

Nesse sentido, a Paxos trabalha para trazer a verdadeira confiança para os detentores e possíveis investidores do token. Para que você entenda melhor o caminho percorrido pela empresa atrás da stablecoin, precisa saber que ela é regulamentada pelo Departamento de Serviços Financeiros do Estado de Nova York. Ademais, o PAXG é aprovado e regulamentado pelo DFS. Como consequência de todo esse cuidado, um auditor nacional atesta o fornecimento correspondente de PAXG com o ouro subjacente mensalmente. Dessa forma, a Paxos consegue provar que os tokens são totalmente lastreados em ouro alocado, mantido nos cofres líderes mais seguros do mundo. Além disso, os holders do PAXG podem ir ao site da Paxos a qualquer momento para obter o número de série e características físicas do ouro que possuem.

Segurança

Certamente a essa altura você deve estar se perguntando se o PAXG é realmente seguro. A Paxos afirma que sim. De acordo com a fornecedora, os tokens logo após serem emitidos pela empresa fiduciária responsável, são mantidos separadamente dos ativos da empresa. As barras de ouro que representam os tokens são custodiadas pela Paxos. Assim sendo, em caso de insolvência da companhia, as barras de ouro não fazem parte de seu patrimônio.

Outro ponto importante para a segurança do PAXG é ele ser baseado em ERC-20. Ou seja, funcionar no blockchain do Ethereum. Além de garantir que ele seja compatível com diversas carteiras, todas as transações funcionam de acordo com a regra de contratos inteligentes. Dessa forma, erros humanos são eliminados e as transações sempre funcionam conforme programado.

Conclusão

De acordo com analistas do mercado tradicional e blockchain, o mundo caminha em direção de uma das piores crises vistas na história da humanidade. Os Estados Unidos, mesmo com toda a sua força, não terão imunidade e também perderão nesse momento de recessão. Sendo assim, o dólar americano, apesar de ser a moeda de reserva mundial, pode perder ainda mais valor. O ouro, por outro lado, já se mostrou resiliente em momentos de crise e tem tudo para continuar assim agora. Ou seja, nada melhor que juntar a tecnologia com o bem precioso de milhares de anos com a stablecoin da Paxos. Após entender como o PAXG funciona, você já tem mais clareza para saber se é realmente essa altcoin que deseja ver aqui na Bitcointoyou. Não esqueça de votar na Cripto Urna.