O que é brave browser ?!

O que é brave browser ?!

A pergunta acima “o que é brave browser” interessa a todos nós. Quem nunca se sentiu profundamente incomodado ao “navegar” através dos sites e se deparar com vários banners e outros tipos de anúncios?

Quanto mais você tenta fechá-los mais invadem a sua tela.  Fato é que a publicidade é o modelo de monetização mais comum na internet.

É através dela que se permite o crescimento e evolução de determinado projeto on-line, atualmente. Tornando-se, asssim, a principal fonte de renda dos sites que visitamos.

Vale destacar ainda, que muitos destes sites “escondem” trackers, ou seja, rastreadores que recolhem alguma informação sobre as preferências e comportamentos de cada utilizador.

Assim,  a publicidade que nos é apresentada se torna cada vez mais adequada ao nosso perfil.

O que o brave browser não é

O modelo vigente de monetização por via da publicidade começou a levantar diversas questões pertinentes sobre a privacidade dos internautas.

Buscando melhorar a experiência do usuário browsers como o Firefox ou o Chrome dão a opção aos utilizadores de bloquearem anúncios e trackers indesejados.

Deste modo, o Firefox oferece o ´Enhanced Tracking Protection´tal opção permite que os utilizadores bloqueiem rastreadores de terceiro e de redes sociais, e, ainda entrega relatórios que demostram quantos rastreadores foram bloqueados.

O navegador Safari prevê uma ferramenta que bloqueia todos os trackers de sites que o usuário não visita frequentemente e, ainda, limita a duração de trackers dos sites de consulta regular pelo usuário ao tempo máximo de 24 horas de duração.

O Microsoft Edge já restringe trackers por defeito e as versões móveis possuem um adblocker integrado que precisa ser ativado para tal feito.

Neste contexto, o Chrome restringe todos os anúncios de publicidade que não cumprem as normas do Coalition For Better Ads.

A inovação no brave browser é que anúncios e trackers já estão previamente bloqueadas não sendo preciso o usuário ir até as definições e fazê-lo.

O que o brave browser é

As novas tendências resultantes da aplicação da tecnologia na web resultam no maior número de browsers a apertar o cerco ao modelo de monetização baseado em anúncios e rastreadores.

Os browsers oferecem cada vez mais ferramentas que permitem o controle dos indesejados anúncios e rastreadores.

É neste contexto que o brave browser revoluciona.

Isto porque o brave browser é um navegador focado em privacidade e segurança online. Deste modo, o programa bloqueia por padrão publicidades e o rastreamento virtual.

Eis aqui seu primeiro diferencial. O Brave já realiza o bloqueio automático de anúncios e trackers indesejados.

A empresa ainda garante que o novo recurso não coleta ou compartilha os dados pessoais de internautas para anunciantes nem para o próprio Brave.

Isto ocorre porque as informações ficam armazenadas apenas no aparelho usado pelo usuário.

Assim, para visualizar o Brave Ads, é preciso ativar o Brave Rewards, sistema para recompensar os sites mais acessados pelo usuário. 

Tal opção estará disponível para os usuários na aba de “configurações”.

Brave Rewards x criptomoeda

Agora que você já sabe o que é o brave browser deve estar se perguntando qual a relação do navegador com as moedas digitais.

A proposta do Brave passa por um sistema de recompensas o denominado – “Brave rewards”. Tal sistema é baseado na tecnologia blockchain.

É aqui que esta a grande inovação deste browser.  O Brave vai te pagar pelos anúncios que você vê, te retribuindo em criptomoedas.

Leia mais em: o que é criptomoeda – https://www.bitcointoyou.com/o-que-e-criptomoeda/

Os usuários ganham mensalmente a recompensa em Basic Attention. Tokens, ou BaTs, uma espécie de criptomoeda da Brave, e podem usá-la para dar suporte aos sites mais visitados, publicações ou seus criadores de conteúdo preferidos.

Para cumprir o compromisso com a privacidade e segurança do usuário os anúncios através do sistema Brave são ajustados a cada utilizador dentro do próprio browser, entretanto, não existe recolhimento de dados pessoais.

Além disto, os anúncios através sistema do Brave não serão banners como aqueles aos quais já estamos habituados, mas notificações push, caracterizando-se como uma publicidade menos invasiva.

O usuário pode escolher a quantidade de propaganda que deseja receber enquanto navega na internet.

Quem opta por visualizar os anúncios ganha 70% do lucro destes, enquanto o Brave arrecada 30%. De acordo com o Brave, em breve será possível usar os tokens para uso pessoal como hospedagem, cupom de restaurante e vale-presente.

E até quem sabe em um futuro não tão distante ser inclusive convertido na moeda local do usuário.

Brave Browser é uma alternativa muito viável e interessante

Por se pautar na privacidade o Brave elimina o carregamento de muitos elementos usados para seguir os utilizadores, bem como publicidade agressiva.

Ao fazê-lo acaba por proporcionar uma experiência de navegação muito mais rápida e segura quando comparada a outros browsers.

De forma simples consegue garantir que tipo de dados de navegação serão passados para os sites.

Deste modo, mantêm anônimo o utilizador, porque revela apenas o que é estritamente necessário para a experiência de navegação ser agradável.

Finalmente, podemos afirmar que o brave browser é o futuro, já que busca transformar o ecossistema de anúncios online com pagamentos em criptomoedas.

Adotar a tecnologia das criptomoedas e de seu blockchain significa segurança, rapidez e privacidade.

Com cada vez mais adeptos, atualmente o Brave Browser possui uma base de 8,7 milhões de utilizadores mensais e, ainda, 3 milhões ativos diariamente.

Seu advento baseado na linguagem open source do Chrome,  faz com que outras formas de monetização sejam pensadas dentro da área da comunicação social.

Que busquem, sobretudo, soluções que implementem opções de subscrição e gerem uma fonte de receita regular do lado de quem visita.

O brave browser representa, portanto, uma nova forma de solução da divisão de receitas, oferecendo aos utilizadores e editores um melhor negócio, no qual, a navegação rápida e segura é o caminho para a open web.