União Europeia planeja lançar sua moeda digital

União Europeia planeja lançar sua moeda digital

As moedas digitais de bancos centrais ganharam mais destaque após o Facebook anunciar a Libra.

As CBDCs, como também são chamadas essas moedas digitais, surgiram como uma resposta ao projeto do Facebook.

O yuan digital, moeda digital planejada pela China, também tem movido o ocidente na busca pela modernização do sistema financeiro.

A mais recente notícia é sobre a União Europeia, que anunciou seus planos para uma moeda digital.

Euro digital para proteger União Europeia

De acordo com Fabio Panetta, executivo do Banco Central Europeu (BCE), o euro digital deve ser desenvolvido para proteger a União Europeia.

Para Panetta, é importante que o bloco tenha uma moeda digital própria para evitar que outras criptomoedas tomem conta da região.

Ele afirma que a União Europeia já está pronta para ter sua própria moeda digital, e que a versão digital preservaria o bem público que o euro fornece aos cidadãos.

O relatório defende ainda a facilidade que um euro digital traria aos cidadãos da União Europeia.

A presidente do BCE, Cristine Lagarde, criticou o atraso da União Europeia em desenvolver sua moeda digital própria.

Como exemplo ela cita a China, que já está em fase de testes com o yuan digital.

Os Problemas

O grande problema de um euro digital é o mesmo que é comumente apontado como problema da moeda digital da China.

A centralização que bancos centrais podem exercer sobre a moeda digital não faz com que ela seja muito diferente de sua versão atual.

O que muda é a digitalização do sistema financeiro em uma nova camada. Contudo, em termos de liberdade, os cidadãos continuarão na mesma situação – ou pior.

É importante ressaltar ainda que, caso a moeda fiduciária colapse, o mesmo acontece com a versão digital.

Desta forma, as criptomoedas continuam relevantes como forma de fugir dos colapsos econômicos.

Embora as CBDCs tornem as criptomoedas mais populares, é imperativo que elas não as substituam.

Tags: