Cartão Bitcoin: Conheça os melhores do mercado!

cartao bitcoin

Cartão Bitcoin: Conheça os melhores do mercado!

Você gostaria de ter um cartão de Bitcoin? Acabou pesquisando aqui, ali, mas não encontrou uma informação precisa sobre quais são os cartões disponíveis, suas vantagens e desvantagens?

Essa é uma dificuldade que inúmeras pessoas possuem quando pensam em cartão de Bitcoin. Afinal, existem no mercado uma infinidade de cartões que acabaram sendo fraudes. E consequentemente, prejudicaram inúmeras pessoas como você.

Para que você então saiba realmente quais são os cartões disponíveis e confiáveis, elaboramos esse artigo. Nele vamos falar um pouco mais profundamente sobre os melhores cartões bitcoin e crypto debit.

Nesse sentido, esperamos ajudá-lo a se manter seguro e livre de fraudes. Além, é claro de fazê-lo encontrar o cartão que mais se enquadre no seu perfil. Então, vem comigo e vamos dar um mergulho nesse fantástico mundo das criptomoedas.

Leia também: Carteira Bitcoin: Entenda o que é e como funciona!

Cartão Bitcoin: Wirex Popular

Esse é um cartão Bitcoin que só está disponível em alguns países da Europa. Embora ofereça uma conta online para ser utilizada na maioria dos países, os Estados Unidos e China, não foram incluídos em seu portfólio.

As principais vantagens que o Wirex Popular oferece são retorno de 0,5% do BTC nas compras realizadas. Uma taxa mensal extremamente baixa para os usuários e bons limites de gastos.

Contudo, os recursos do cartão são demasiadamente limitados. A taxa de comissão é relativamente alta quando há a necessidade de realizar a troca de moedas. E os saques em caixas eletrônicos possuem um custo.

Todavia ele é um dos poucos cartões que oferecem recompensas bitcoins em praticamente todas as compras na loja. A operadora oferece para os seus clientes 0,5% através do seu serviço Cryptoback.

Um ponto negativo, no entanto, é que a Wirex não oferece tantos recursos como alguns de seus principais concorrentes. Mas, como sua taxa de administração mensal é bem baixa, o cartão torna-se um excelente investimento.

O aplicativo do cartão é disponibilizado para os sistemas Android e iOS. Permitindo que todos os seus clientes possam gerenciar suas finanças e acompanhar as suas transações financeiras.

O aplicativo oferece opção de cancelamento do cartão caso o cliente queira fazê-lo, ou também pelo fato de ter perdido o cartão.

Os saques em caixa eletrônico são mais restritos e normalmente não passam de US$ 250 por dia. Esse cartão, é uma excelente solução para quem deseja gastar mais rapidamente suas criptomoedas. Sendo elas, Bitcoin (BTC), Ethereum (ETH), Ripple (XRP) ou Wollo (WLO).

Cryptopay

Esse é um cartão pré-pago que está disponível tanto no Reino Unido quanto em Cingapura, Rússia e grande parte da Europa. É um dos cartões de débito bitcoin mais antigos que está em operação até hoje.

Ele oferece entre suas principais vantagens, suporte sem contato, disponibilidade na Rússia e não exige nenhum requisito de KYC. Contudo, suas taxas são mais altas que os cartões de seus principais concorrentes. E tem uma baixa disponibilidade fora da Europa. Bem como um alto custo de instalação.

Parecido com outros cartões pré-pagos de Bitcoin, o Cryptopay está disponível como um cartão de plástico e também como um cartão virtual. Nesse sentido, se você tem uma preocupação em relação às compras online, o cartão virtual da operadora pode ser uma excelente opção.

A sua versão física é indicada para quem pretende realizar compras em estabelecimentos físicos. Para solicitar um cartão físico, o usuário precisará desembolsar em torno de US$ 15. Enquanto que na versão virtual o custo é de apenas US$ 2,50.

Os cartões da Cryptopay podem ser encomendados nas versões GBP, EUR ou USD. A taxa mensal é de US$ 1 que é utilizada para manter os serviços.

Esse é um dos poucos cartões de bitcoin anônimo disponível. Entretanto, os clientes não verificados estão sujeitos à limites de uso menores do que os clientes verificados.

Em se tratando de taxas, a taxa de conversão do cartão é de 3%. A taxa de carregamento é de 1%. Há uma cobrança de taxa de retirada no exterior.

Cartão Bitcoin Uquid

Esse é um cartão que foi criado com o objetivo de oferecer um cartão de débito bitcoin sem limites para os clientes. Contudo, os principais beneficiados com o cartão são os clientes do Reino Unido, em virtude das suas taxas mais baixas dentro do país.

O cartão Uquid suporta mais de noventa criptomoedas e está disponível na maioria dos países. Além de não possuir limites de gastos. Contudo, as consultas de saldo não são gratuitas. A taxa de depósito é de 18% para o carregamento via Paysafecard. Além de ser um cartão indisponível nos EUA.

Para fazer a solicitação do cartão, primeiramente você precisa criar uma conta no site. Posteriormente selecionar os tipos de cartão disponíveis no seu país. Apesar da criação da conta online ser gratuita a emissão do cartão tem um custo de acordo com a moeda em que será usado o cartão.

Além da taxa de emissão o cartão também possui uma taxa mensal de US$ 1,00. Também é cobrado pela Uquid algumas outras taxas de uso. Dentre elas a taxa de retirada em caixas eletrônicos em torno de US$ 3,00 e uma taxa de conversão de moedas de 3%.

Uma das principais vantagens da Uquid é que é um cartão amplamente disponível em âmbito mundial. Ele pode ser encontrado em mais de 174 países diferentes. E também suporta um grande número de ativos digitais, sendo eles mais de 90 criptomoedas.

MCO Visa

O MCO Visa é um cartão desenvolvido para pessoas que possuem criptomoedas e que frequentemente viajam e gastam no exterior.

O cartão não possui mensalidade e seus limites de gasto são bastante generosos. Além de não cobrar taxa de conversão de moeda. Ele disponibiliza até 5% de cashback em compras. O que o torna bastante atrativo.

Entretanto, para obter alguns benefícios o usuário pode chegar a esperar até 6 meses. E também deverá realizar obrigatoriamente a verificação KYC. Esse cartão está disponível apenas nos EUA e Cingapura.

Como já antecipamos, os clientes da MCO Visa podem chegar a ganhar até 5% do dinheiro gasto de volta e potencialmente 100% em cashback tanto no Spotify quanto no Netflix.

Os cartões MCO não cobram uma assinatura mensal crescente, mas em contrapartida, exigem que os clientes bloqueiem os tokens crypto.com (MCO) para se qualificarem para os prêmios premium, sendo que o valor do bloqueio varia de 0 a 50 mil MCO.

As criptomoedas carregadas no cartão são automaticamente convertidas em dólares americanos, podendo ser retiradas em um caixa eletrônico, ou serem usadas para realizar compras virtuais e físicas.

Cartão Bitcoin BitPay

Esse é um cartão que foi lançado em 2016, e é utilizado por dezenas de milhares de usuários. A sua aceitação pode ser atribuída pelo baixo custo que o cartão cobra de suas taxas, girando em torno de US$ 9,95.

Para que seja realizadas compras no cartão é necessário a verificação de ID. Sendo que os pagamentos são gratuitos dentro dos Estados Unidos, e não há cobranças mensais. Contudo, o cartão está disponível somente para cidadãos dos Estados Unidos. A taxa de conversão da moeda é de 3%, além de possuir uma taxa de dormência mensal de US$ 5.

O cartão Bitpay está disponível em todos os Estados do EUA, e a empresa já anunciou que possui planos de expansão para outros países. Todavia, os cidadãos estadunidenses podem desfrutar o uso do cartão em quase todos os países do globo, com pagamento em Bitcoins, sendo liquidado na moeda nativa do país em que estejam.

Para usar o cartão basta carregá-lo com Bitcoin. Automaticamente será realizado a conversão em USD, permitindo que você possa usá-lo em compras online ou em estabelecimentos físicos.

É importante, entretanto, salientar que nas transações dentro dos EUA não há taxas a serem pagas, mas fora do país há uma taxa de conversão de moedas de 3%. Os saques também são cobrados, sendo US$ 2 dentro do país, e US$ 3 fora do país.

Um dos melhores recursos desse cartão é sem dúvida, o aplicativo móvel, que permite ao usuário gerenciar facilmente os seus fundos em trânsito, além de permitir os usuários a efetuarem pagamentos para outros usuários do Bitpay.

Revolut

A Revolut possui mais de 4 milhões de clientes e já realizou mais de 250 milhões de transações. Nesse sentido, nem precisamos ressaltar que a empresa é uma das maiores do setor.

O cartão de débito da Revolut oferece até 0,1% de cashback na Europa e 1% de cashback fora da Europa. Tem uma alocação generosa com plano livres, além de uma baixa marcação de 1,5% nas compras de criptografia.

Contudo, o cartão tem poucas criptomoedas suportadas, não oferecendo opções de gastar criptomoedas, e só comprá-las. Atualmente o cartão não está disponível nos EUA, Canadá e Ásia.

Sendo inicialmente lançada no Reino Unido, a Revolut possui lá a maioria dos seus clientes. Entretanto, seus serviços estão disponíveis em todo Espaço Econômico Europeu, além da Suíça e Austrália.

Apesar de não estar disponível nos Estados Unidos a empresa abriu uma lista de espera para os clientes de lá, visto que a plataforma pretende anunciar o seu lançamento no país ainda esse ano.

Atualmente há três tipos diferentes de contas disponíveis no site: Standard, Premium e Metal. Enquanto os planos Standard são gratuitos, os Premium e Metal possuem taxas variáveis de acordo com o país.

SpectroCoin

Esse é o cartão bitcoin que possui uma das maiores coberturas mundiais. Disponível para clientes em quase 200 países, o spectrocoin oferece uma variedade de serviços para seus clientes, incluindo uma carteira online e uma plataforma de troca.

O cartão SpectroCoin possui um limite de US$ 1.500 de retirada de ATM, e tem POS ilimitado em transações online, além de permitir aos clientes VIP saldo ilimitado do cartão. Contudo, ele possui alguns requisitos KYC invasivos para contas VIP. Sua funcionalidade é limitada, e a taxa de câmbito de 3%.

A SpectroCoin oferece dois tipos de cartão, os virtuais que custam US$ 9 e os cartões de plástico que giram em torno de US$ 50 cada um. Além do custo inicial de compras, os cartões virtuais e de plástico possuem uma taxa mensal de US$ 1.

O financiamento dos cartões SpectroCoin são através de criptomoedas, e as conversões em moeda nacional ocorrem no ato do pagamento, seja ele realizado virtualmente ou fisicamente.

Em relação às taxas, os cartões SpectroCoin não são os mais baratos do mercado, chegando a cobrar cerca de 1% para carregar a carteira usando criptomoedas e uma taxa de 3% por qualquer troca de moeda realizada.

Os cartões são divididos em padrão e VIP. As contas padrão podem depositar cerca de US$ 250 por dia até atingir um saldo máximo de US$ 2.500, enquanto as contas vips podem tem um saldo máximo de US$ 5.000.

Uma das maiores vantagens desse cartão bitcoin é sem dúvida o limite diário para saque em caixa que chega a atingir US$ 1.500 por dia. Desse modo, esse cartão é adequado para usuários de criptomoeda que buscam conveniência e altos limites para saque.

Faça já o seu cartão Bitcoin!

Agora que você já sabe quais são os principais cartões de débito bitcoin, poderá escolher de forma fácil e segura aquele que mais se enquadra no seu perfil.

Como você pode notar, uma das maiores facilidades que os cartões de débito trazem para seus usuários é a praticidade na forma como convertem as criptomoedas, evitando que você precise ficar realizando transações para isso.

Nesse sentido, você poderá ter toda a sua economia em criptomoedas e aproveitar a sua valorização constantes, e quando for realizar as compras, poderá fazê-las de forma tranquila e despreocupada.

Agora que você já sabe todas as vantagens e desvantagens de cada cartão, é somente avaliar qual deles é capaz de atendê-lo melhor, e fazer!