Invista em Bitcoin e outras 6 criptomoedas.
Invista em Bitcoin e outras 6 criptomoedas.
Invista em Bitcoin e outras 6 criptomoedas.
Invista em Bitcoin e outras 6 criptomoedas.

Bitcoin vale a pena? Chegou o momento de comprar ou vender Bitcoin? Essas são, sem dúvida alguma as principais questões que giram em torno da criptomoeda nas últimas semanas.

Acompanhamos nos últimos dois meses um crescimento abrupto do Bitcoin. Várias resistências foram quebradas. Para se ter uma ideia, a resistência de uma semana atrás virou suporte. Diante de tamanho otimismo, vale a pena investir em Bitcoin?

Compra e venda criptomoedas na melhor plataforma do mundo.
Compra e venda criptomoedas na melhor plataforma do mundo.
Compra e venda criptomoedas na melhor plataforma do mundo.
Compra e venda criptomoedas na melhor plataforma do mundo.

Possivelmente, até o mais pessimista dos investidores deve estar pensando que o momento é de compra. E não é para menos. Ao quebrar diversas vezes a resistência em um curto prazo de tempo o RSI indica tendência de alta. Desse modo, indica que o momento é mais propenso para compra do que para venda.

Para você ter uma breve ideia, enquanto estou escrevendo este artigo, o BTC está chegando próximo dos US$ 10.000. Há aproximadamente 12 dias atrás, o valor da criptomoeda estava em US$ 7.600. Mas, para fundamentar a teoria de investimentos, de que o Bitcoin é uma excelente oportunidade, vamos entender um pouco mais sobre ele.

Leia também: Facebook lança sua própria criptomoeda, a Libra!

O que é o Bitcoin?

preço do bitcoin hoje

Basicamente falando, o Bitcoin tem a finalidade de uma moeda, assim como o Real ou o Dólar. A princípio, sua função é intermediar compras e vendas de bens e serviços. Ou seja, você compra um produto com Bitcoin e vende produtos também com Bitcoin.

E onde estaria a vantagem no BTC? Considerando, somente o fato do BTC atuar como uma moeda, a principal vantagem estaria na sua descentralização. Ou seja, não precisaria de bancos, e nem de decisões governamentais para funcionar. O que, de certo modo, traria uma segurança ainda maior para quem a tivesse.

Imagine que, você tenha guardado R$ 50.000,00. E o governo em uma simples decisão decide ampliar a base monetária da economia. Com isso, em pouco tempo, a inflação se agrava no país e o seu dinheiro passa a não valer absolutamente nada. Note, que uma simples decisão governamental fez você perder todo o poder de compra que o seu dinheiro poderia comprar. Mas, e se ao invés de reais você tivesse o dinheiro guardado em Bitcoins? Teria sido afetado?

A resposta para essa pergunta é Não. E é essa uma das principais vantagens que fez a procura pela criptomoeda crescer vertiginosamente nos últimos anos. O Bitcoin, por não sofrer interferência de decisões governamentais, não sofre essa abrupta desvalorização, sendo considerado dessa maneira um ativo absolutamente seguro.

O Bitcoin, foi a primeira criptomoeda do mundo, e funciona há aproximadamente 9 anos de maneira ininterrupta. Mas, sendo uma criptomoeda baseada na escassez, sofre alterações de preço de acordo com a oferta e procura.

Note que, o BTC em si não possui aspecto inflacionário, contudo, diante da dinâmica do mercado, ele se desvaloriza ou se valoriza de acordo com o aumento ou diminuição da sua procura, e é por isso que diariamente vemos o seu preço oscilar.

O preço do Bitcoin pode despencar?

pump e dump do bitcoin

Esse é um medo de muitos investidores antes de efetuar a compra da criptomoeda. Contudo, é importante primeiramente entender a função dela como uma moeda mesmo. Ao adquirir o Bitcoin, você pode rapidamente comprar qualquer produto em qualquer lugar do mundo, com taxas muito mais baixas do que o normal, e com muito mais facilidades.

Nesse sentido, a ideia principal seria comprar a moeda para sequencialmente transformá-la em bens e serviços, e não como uma carteira de investimento.

Todavia, como a lei da oferta e procura é incontornável, a sua segurança e facilidade levaram milhares de investidores a buscarem o bitcoin. Resultado? Os preços dispararam para cima. Só para ter uma breve ideia, há três anos atrás 1 bitcoin valia em torno de US$ 700.

Logo, quem adquiriu 1 Bitcoin por US$ 700,00 na época e não o gastou tem hoje, aproximadamente US$ 10.000. Por essa razão, a criptomoeda deixou apenas de ter a sua finalidade de moeda, tornando-se também um ativo de investimento, altamente atrativo.

Com esse abrupto crescimento, vimos no final de 2017 o valor do BTC atingir incríveis, US$ 19.650,01 no dia 15 de dezembro daquele ano. Isso levou muitos investidores, a venderem os Bitcoins que possuíam, o que acarretou sequencialmente no preço do Bitcoin.

Essa oscilação para baixo, levou muita gente a acreditar que seria o fim do Bitcoin. Muito se especulou então sobre os rumos das criptomoedas. Mas, o que se viu nos meses que se seguiram foi uma retomada na cotação. E mais precisamente nos últimos dias, uma verdadeira alta nos preços.

Entendendo o Bitcoin como uma moeda

Agora que ficou um pouco claro sobre como funciona a dinâmica do Bitcoin, vamos entender como ele pode fazer o papel de uma moeda, e como pode, inclusive vir a ser uma moeda universal, se sobrepondo a todas as moedas nacionais e internacionais.

Como dissemos, o Bitcoin é descentralizado, não sofrendo influência de decisões governamentais. Logo, guerras comerciais, conflitos armamentistas, resoluções governamentais não trazem nenhuma influência direta no seu preço. Nesse sentido, tanto para quem compra produtos e serviços, quanto para quem vende é uma excelente alternativa.

Vamos imaginar que por ser uma moeda descentralizada, e usada sem fins especulativos, o Bitcoin seria capaz de inibir as diversas crises cíclicas que assolam a humanidade, inclusive acabando com problemas econômicos como inflação, deflação, e consequentemente até com o desemprego, visto que, a oferta e demanda iriam se equilibrar. Ainda, usada como moeda, podemos dizer que o Bitcoin:

  • Proporciona maior liberdade de pagamento;
  • Possui menores taxas para compra e venda no comércio internacional;
  • Tem mais segurança, privacidade e controle;
  • Possui mais transparência e neutralidade;
  • Não pode ser congelado.

Repare que, diante dos benefícios acima citados, podemos dizer que o Bitcoin é a moeda do futuro, e com ele, uma nova onda de criptomoedas poderão surgir. Desse modo, podemos inclusive formular uma pergunta. As criptomoedas mudarão as relações comerciais e econômicas do futuro?

Ainda é um pouco cedo para responder essa pergunta afirmativamente. Mas, ao que tudo indica, os próximo dez anos serão marcados por uma verdadeira transformação nas relações comerciais. E o uso de criptomoedas será realmente expandido.

O Bitcoin pode ser usado de modo especulativo?

o que é bitcoin valor em reais

Agora que falamos sobre o uso do Bitcoin como uma moeda, vamos tratar dela agora como um ativo especulativo. Você deve ter se perguntado, vale a pena investir em Bitcoin somente para ganhar com sua valorização e depois vendê-lo?

Para responder essa questão, vamos novamente citar um exemplo em relação à inflação. Vamos pegar aquele mesmo exemplo que você tenha R$ 50.000,00 guardado. Vamos imaginar que de repente estoura uma inflação no país e o valor de compra em relação ao dinheiro acabe se deteriorando rapidamente.

Agora, vamos imaginar que, se ao invés de guardar os R$ 50.000,00 em reais você tivesse comprado dólares e guardado. Já seria bem mais interessante como uma forma de proteção patrimonial não é mesmo? Note que nesse exemplo, que dei, o dólar apesar de ser uma moeda, foi utilizado como um ativo. Pois, ao ser adquirida não poderia ser usado para comprar algum produto ou serviço no território nacional, mas, sim para garantir possíveis decisões governamentais que pudessem desvalorizar a nossa moeda.

É nesse mesmo sentido que o Bitcoin pode ser uma excelente oportunidade de investimento especulativo, com uma vantagem a mais, caso queira comprar um produto imediatamente com ele, você pode, sem precisar fazer a conversão do câmbio.

É por essa razão que o Bitcoin passou a atrair investidores que, além de buscar lucros com o ativo, também estão buscando segurança. E o bitcoin oferece além de bons lucros para quem deseja simplesmente auferir ganhos como também uma excelente segurança financeira. Visto ser uma moeda descentralizada.

Entendendo a mineração de Bitcoin

como minerar bitcoin

Bom agora que entendemos o papel do Bitcoin como moeda e também como pode servir de ativo especulativo para auferir ganhos, vamos entender como funciona a mineração de Bitcoin.

Nos dias atuais, diante do crescimento e valorização da criptomoeda, minerar bitcoin, tornou-se tão atrativo, que já se tornou impossível de ser realizado usando apenas um computador caseiro, por melhor que ele seja.

Os mineradores atuais profissionalizaram-se. Dessa maneira, compram máquinas que foram desenvolvidas exclusivamente para minerar Bitcoins. Um exemplo de máquinas desse tipo são as ASICS.

Uma das principais finalidades da mineração é encontrar uma sequência que torne um bloco de transações do bitcoin compatível com o bloco anterior. Contudo, é necessário que o computador realize milhares de cálculo por segundo para então encontrar a combinação perfeita. E é por essa razão que os computadores precisam ser bastante potentes.

Recebendo a recompensa em Bitcoin

Carteira de Bitcoin

Nesse sentido, ao encontrar a sequência compatível, o minerador recebe uma recompensa em bitcoin para cada bloco que ele minerar. Agora, você deve estar pensando, mas qual a finalidade de tudo isso, não é mesmo?

A finalidade é que o minerador acaba emprestando poder computacional para manter a rede de Bitcoin funcionando, rede essa conhecida como Blockchain. Desse modo, diariamente, milhares de mineradores competem para conseguir a tão sonhada recompensa que os blocos oferecem. Um bloco de transações de bitcoin é formado a cada 10 minutos, esse é o tempo que dura a competição dos mineradores.

Quando nesse sentido, o minerador consegue encontrar uma “digital” que obrigatoriamente deve ter em cada bloco de transações, e que é compatível com o bloco anterior ele ganha a recompensa de 12,5 bitcoins. Nada mal não é mesmo?

Após conseguir encontrar a “digital” cujo nome técnico é Hash, compatível, o vencedor e os seus Bitcoins são informados para toda a rede para que haja a validação e ele possa fazer uso do seu prêmio.

Nesse caso, o Blockchain, atua como um grande banco de dados, ou um livro de registro para você entender melhor. Nele são registrada cada transação de forma cronológica e linear. As transações são digitalmente assinadas para garantir sua integridade e veracidade.

Nesse sentido, uma cópia fica presente em cada computador da rede. Permitindo, desse modo que as informações recebidas possam ser validadas, com os dados que possuem, evitando assim, possíveis fraudes.

Bitcoin vale a pena então?

Como você pode perceber nesse artigo o Bitcoin é uma excelente oportunidade, tanto para ser usado como moeda quanto para ser usado como ativo.

Sendo controlado pela lei da oferta e procura, e sabendo que ora ou outra as minerações irão acabar, a tendência do ativo é que sua valorização não pare de crescer. Devido, é claro aos movimentos especulativos, no curto prazo pode ocorrer variações para baixo. Contudo, no longo prazo, o preço deverá sempre apresentar uma curva crescente.

Por essa razão, quando se pensa em longo prazo, e valor futuro a compra do Bitcoin vale realmente a pena, pois além de ser um ativo altamente seguro, será futuramente algo escasso e consequentemente mais valioso.

Dessa maneira, há uma enorme tendência do mercado na adesão de criptomoedas. Inclusive, com o anúncio do Facebook em lançar a sua própria criptomoeda o mercado deverá ter uma forte tendência nesse sentido durante os próximos anos.

Como faço para comprar Bitcoin?

ganhar bitcoin

Agora que você já sabe praticamente tudo sobre o Bitcoin, chegou o momento de saber como adquirir o seu. E por incrível que pareça, é algo realmente mais fácil do que você pode imaginar.

Primeiramente, você precisa abrir uma conta em uma plataforma, que funciona como uma bolsa de valores de Bitcoins. Feito isso, basta determinar a quantidade de Bitcoins que deseja e realizar a compra.

Você deve estar agora com uma outra questão em mente. É preciso ter US$ 10.000 para comprar 1 única unidade de bitcoin? Bom, para comprar 1 unidade de Bitcoin sim, mas você pode comprar frações de 1 unidade de Bitcoin.

Vamos imaginar que você disponha de US$ 100,00 que representa 10% do valor integral do Bitcoin. Você pode adquirir 0,01 Bitcoin. Interessante não é mesmo?

Então, acesse nossa plataforma Bitcointoyou e comece agora mesmo a investir nessa criptomoeda do futuro!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here