Bitcoin: Será que a criptomoeda fecha o ano em R$ 100 mil reais?

Bitcoin: Será que a criptomoeda fecha o ano em R$ 100 mil reais?

O Bitcoin foi a criptomoeda que apresentou a maior valorização durante este ano. Para se ter uma breve ideia, no dia 31 de dezembro de 2018 a criptomoeda estava valendo cerca de R$ 14.300,00.

No dia 26 de Junho deste ano, a moeda digital atingiu o seu ápice e bateu a marca de R$ 49.700,00. Esse valor ainda não chegou ao ápice de R$ 65.500,00 atingido em dezembro de 2017.

Entretanto, especialistas apontam que o Bitcoin tende a ter um forte crescimento nos últimos meses deste ano. Só para ter uma base, quem comprou 1 Bitcoin em Janeiro deste ano e vendeu em em Junho, transformou R$ 14.500,00 em R$ 50.000,00. Quase o triplo do valor em apenas 6 meses de aplicação.

Leia também: BC irá lançar sistema instantâneo de meios de pagamento!

Bitcoin passa a ser reconhecido com ativo

No mês passado o Banco Central do Brasil passou a reconhecer o Bitcoin como ativo em seu balanço de pagamento.

Com essa decisão a criptomoeda passa a ganhar mais espaço entre investidores. E como ela é regida pela lei da oferta e procura, não sofrendo, desse modo, intervenção estatal certamente irá valorizar-se diante desta notícia.

Alguns especialistas mais otimistas acreditam, portanto, que a Criptomoeda chegará a valer mais de US$ 100 mil dólares até 2021. Esse valor corresponde a aproximadamente R$ 400 mil reais. Outros investidores mais cautelosos acreditam que a valorização da moeda digital não irá tão longe.

Embora não podemos precisar se o Bitcoin fechará o ano perto dos R$ 100 mil, a verdade é que nada valorizou como ele nos últimos meses. E, como o Bitcoin tem um valor limitado, as minerações ora ou outra irão acabar.

Com isso certamente o valor da criptomoeda irá disparar no mercado financeiro. Assim sendo, investir em bitcoin pode ser uma excelente oportunidade para aumentar o seu capital em um prazo bem mais curto de tempo.