Irã regulariza transições de criptomoedas dentro do seu território

Irã regulariza transições de criptomoedas dentro do seu território

Irã regulariza transições de criptomoedas dentro do seu território

Segundo a agência de notícias local IBENA, o Alto Conselho da Ciber esfera do país (HCC) legitimou toda a transição de criptomoedas, como o Bitcoin, dentro do seu território, tornando o negócio legal. O secretário do HCC, Abolhassan Firouzabadi, ressaltou que a autoridade irá declarar a estrutura e as políticas finais para startups e companhias do setor cripto ainda em setembro.

Firouzabadi já havia declarado postura positiva em relação às moedas digitais. Na época, ele afirmou: “Nós do HCC saudamos o Bitcoin, mas nós devemos ter regulamentações para ela ou qualquer outra criptomoeda. Nossa visão em relação ao Bitcoin é positiva, mas isso não quer dizer que nós não iremos requerer regulações sobre esta questão, pois seguir as regras é imprescindível.”

O país agora também se esforça para lança a sua própria criptomoeda, com emissão realizada pelo governo – tornando-a centralizada. Apesar disso, a moeda contaria com a tecnologia bloackchain open source oferecida pela Linux Foundation, a Hyperledger Fabric.

Sobre isso, Firouzabadi diz: “Ela [a criptomoeda estatal] pode ser utilizada como um instrumento de transação financeira com os parceiros de troca do Irã e países amigáveis, em meio às pressões econômicas exercidas pela sanção dos Estados Unidos.”

Pelo visto, o Irã irá seguir os mesmos passos de países com Venezuela e China, como anunciado por este site, que querem deixar nas mãos do Estado a emissão das suas criptomoedas.