Filipinas pretende regularizar ecossistema de criptomoedas no país

Filipinas pretende regularizar ecossistema de criptomoedas no país

Filipinas pretende regularizar ecossistema de criptomoedas no país

As Filipinas já estão há mais de dois anos criando trâmites para que o ecossistema de criptomoedas seja regularizado dentro das leis fiscais do país. Tanto que um dos seus objetivos é ser um “crypto valley”, ou seja, um território capaz de atrair empresas voltadas para o universo das criptos.

O jornal Manila Times informa que o comissário da SEC, Ephyro Luis Amatong, afirmou a jornalista que as novas regras serão publicadas em breve pelo governo.

Os reguladores do país vêm ponderando várias maneiras de regular o ecossistema de criptomoedas por quase dois anos, um processo que levou autoridades a montar uma estrutura para ofertas iniciais de moedas (ICOs, na sigla em inglês), bem como o registro efetivo de exchanges de criptomoedas. O próximo conjunto de regras é focado em exchanges que oferecem serviços de negociação. “Nós vemos a necessidade de regulá-las como plataformas de negociação”, disse o SEO.

As Filipinas têm conhecimento sobre o mercado de criptomoedas e sabe que ele está em ascensão. Regularizar ICOs e transações pode acarretar em milhões para a receita do país.